Você tem cara de quem namora ou de quem é só pra dar uns pegas?

É incrível a capacidade do ser humano de primeiro julgar, pra depois (se houver depois), dá a alguém a chance de conhecer tal pessoa. Nossa, eu já passei MUITO por isso. E olha que já me julgaram bastante – e de tudo que tu puder imaginar – antes de me conhecerem. Alguns ainda vieram me conhecer, outros tem sua opinião formada e por isso não fala comigo. Sabe como é, né?! Aqueles que são videntes e tal, e aí já sabe como a pessoa é antes de dizer um “oi“. Então, beleza.

Uma vez fiquei com um cara que disse na minha cara que eu não tenho cara de quem namora. Antes, havia me perguntado se eu já tive um namorado e eu falei que sim, que namorei alguns anos. Ele simplesmente virou e falou “sério, não acho que tu tem cara de quem namora”. Deu vontade de virar e falar “é…eu tenho cara de quem não namora caras que nem você!”. Sério, da onde que as pessoas olham na cara da outra e as julgam por “cara de quem namora”, “cara de quem é só pra pegar”, “cara de quem é pra casar”, e etc..? As pessoas tem cara agora? Elas tem um tipo? Pra mim elas tem rostos. E rostos muito bonitos por sinal. Quem não tem cara de quem não serve pra nada é quem te julga sem nem ao menos se dá o trabalho de te conhecer. E graças a Deus, depois desse comentário bem aí, peguei minhas coisas e fui embora. Adíos!

Quer saber do que as pessoas tem cara? Cara de quem estuda, de quem trabalha, de quem tem mil coisas pra fazer num dia só e ainda tem azar de topar com um babaca assim. Cara de quem dá a cara a tapa pra conseguir uma chance de emprego, cara de quem poupa grana pra fazer a viagem dos sonhos, cara de quem não tem medo do futuro e tá disposto a enfrentar o que aparecer no caminho. São essas as “caras” que as pessoas tem. Ninguém tem cara de quem namora ou não. Até porque fulana que tu diz que não tem cara pra namorar, nem quer namorar contigo. Então, se um dia o babaca que falou isso pra mim, ler esse texto (e pra você que tá lendo esse texto e lembrou de alguém), saiba que eu não tenho é cara (nem estômago) pra lembrar que um dia ainda falei contigo. Passar bem!

Comente com Facebook
Marina Alessandra

Marina Alessandra

Colecionadora de sonhos, estudante de Psicologia e dona desse blog aqui. Amante de música boa, fotografia e pela escrita, compartilha tudo que acontece no seu dia a dia através de suas redes sociais e pelo blog em forma de postagens e vídeos. Gosta de abraços apertados e atualmente está em um relacionamento sério com a Netflix e uma panela de brigadeiro.
Marina Alessandra

Últimos posts por Marina Alessandra (exibir todos)

3 comments

  1. Arrasou no post! Já passei por isso de falarem que não tenho cara pra isso ou aquilo. Tipo, eu vivo no computador desde sempre né? Se não era jogando joguinhos das Dolls ou Habbo, era no flog ou blog. Então as pessoas tem uma imagem de mim como se eu fosse A nerd ou A antisocial que não gosta de sair. É bizarro! Uma vez conversando com um colega antigo de um colégio com pessoas escrotas que eu estudei, ele veio falar comigo como quem não quer nada e no meio da conversa jogou um “Você não tem cara de quem bebe” e eu fiquei tipo ??? Mesmo se eu não bebesse, isso não me impediria de sair com minhas amigas pra me divertir. Eu ein! Que ideia idiota né? Enfim, adorei o post! Falou tudo, Mari!
    Beijos!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *