Se você soubesse o que vai acontecer daqui um ano, você continuaria batalhando ou desistiria agora?

Se lá em 2005 me contassem que viveria tudo que já vivi, talvez eu me animaria menos. Não por ter sido ruim. Não. Mas queria mais tempo pra organizar as ideias. Talvez mudaria alguns caminhos, não conheceria certas pessoas e não estudaria onde estudei. Talvez nada disso teria acontecido. E com toda certeza não seria quem sou hoje. Ainda bem que não dá, né? Não dá pra mudar o que já aconteceu. O que dá é pra mudar nossa cabeça de hoje. Construir um novo futuro e mudar nosso comportamento.

Se quando eu brincava de Barbie junto com minha irmã, tivessem me dito que um dia alguém me olharia do jeito que eu fazia a Barbie olhar pro Ken, eu com certeza iria querer apressar as coisas e, talvez, não teria acontecido como aconteceu. Ou talvez eu nem iria sentir o que e como senti. Pode ser que se o tempo pudesse passar mais rápido naquela época, eu não teria brincado tanto e acreditado tanto no amor. E as tardes que passava estudando com minhas primas, se alguém tivesse me dito que estaria tudo bem, que eu iria passar de ano, talvez eu não mergulhasse a cara nos livros e não teria aprendido tanto. Se me dissessem que iria demorar pra decidir o meu curso da faculdade, eu teria tentado apressar as coisas e não estaria no curso que realmente queria de graduação.

Ainda bem que a vida não é do jeito que a gente quer, né? Ainda bem que não tem nada planejado, que a gente saiba, certo? Ainda bem que algumas coisas dão errado para que outras possam acontecer. E olha, ainda bem que a gente sabe que é exatamente do nada que as coisas acontecem. E o melhor, são as mais inusitadas. Se apaixonar, achar dinheiro no bolso da calça, ganhar um sorteio. É porque é assim que tem que ser. E nada, nada que você fizer, vai mudar o que tá predestinado a ser. Claro que existem as coisas ruins também. E que bom que elas são do nada também. Ninguém iria gostar de saber quando vai morrer ou sofrer um acidente, não é?

Então lembre sempre de agradecer pelo que você tem hoje e pelas pessoas que o cercam. Se você soubesse o que vai acontecer daqui um ano, você continuaria batalhando ou desistiria agora? Essa que é a graça da vida: não saber o que vai acontecer no próximo segundo. Fico feliz por ser assim, sabe? Quero mesmo é que a vida me surpreenda e que dê sempre passos certos em busca do que me faz feliz. Ainda bem que a gente cresce, muda de opinião e sempre busca uma maneira nova de fazer as coisas. Mas e aí, se você soubesse o que vai acontecer amanhã, você dormiria feliz ou triste? Quem vai saber, né? Só aproveita! 

Me encontre: Twitter | Instagram | Youtube | Facebook

Comente com Facebook
Marina Alessandra

Marina Alessandra

Colecionadora de sonhos, estudante de Psicologia e dona desse blog aqui. Amante de música boa, fotografia e pela escrita, compartilha tudo que acontece no seu dia a dia através de suas redes sociais e pelo blog em forma de postagens e vídeos. Gosta de abraços apertados e atualmente está em um relacionamento sério com a Netflix e uma panela de brigadeiro.
Marina Alessandra

5 comments

  1. Eu posso dizer que a minha vida tomou rumos diferentes de tudo que eu já imaginei um dia. Mudei de escola, acabei fazendo novas amizades e conheci lugares novos, aliás, nunca imaginei que nada disso iria acontecer em minha vida!! O legal da vida é isso, não saber o que vai acontecer no futuro, você apenas segue o barco. Só confio em Deus e deixo que ele guie as águas. <33 Adorei muito o texto e me fez refletir muito…<3
    Beijos,
    http://www.dosedeilusao.com

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *