Pare de achar que o mundo gira em torno de você

Ei. Ei, você aí! Tudo bem? Eu não sei o que você anda ouvindo a meu respeito, mas te garanto que se parasse pra me ouvir, mudaria sua opinião sobre mim. Se acreditasse no que eu diria, né. Mas ó, quero que você saiba que eu não odeio você como você imagina. Tá, não gosto nenhum pouco, mas eu não te odeio, minha cara. Claro que fiquei com muita raiva quando o acontecimento foi recente. Mas eu não te odeio. Eu apenas não me importo com sua existência. Entre um nada e você, pra mim é a mesma coisa. E desculpa a sinceridade, mas quero que saiba o que eu realmente penso, para que aí sim, você possa formular alguma coisa ao meu respeito.

Gostou do que viu na última vez que entrou nas minhas redes sociais? Não me importo se você vai lá pra ver o que eu ando fazendo e sai por aí espalhando boatos sobre mim. Eu não quero nem saber o que você pensa sobre mim porque eu sei que não é nada legal. Mas quer saber? Se você me conhecesse antes de aprontar o que aprontou comigo, que você nem conhecia, você veria que eu não mereceria o que aconteceu. Mas vamos ser francas? Acho que isso nem foi nada. Acho que já era previsto que nossa alma não iria bater mesmo uma com a outra. Foi de uma forma grotesca? Foi. Mas Deus sabe o que faz. Era pra ter sido assim, né?! Eu não ligo de você saber onde eu moro e ficar com ameaças pra cima de mim ou de mandar fulano ficar me observando pra eu não mexer no que é “seu”. Eu não dou a mínima pro seu namorado, para os seus amigos ou para sua família. Antes de me importar com certas coisas, eu vejo se o desgaste vale a pena. E no seu caso, não vale nada. Lembra que eu disse que vocês são a mesma coisa pra mim? Então amiga, antes de você saí falando por aí que eu fico invejando sua vida miserável, aprende que pra mim você não passa de um nada. Simples assim.

Quer um conselho? Pare de achar que o mundo gira em torno de você, ou nas coisas que você faz. Porque ele não gira. E é melhor você aprender isso com antecedência do que cair de uma altura muito alta. Que tal ao invés de achar que as pessoas tão invejando teu cabelo, teu corpo, teu relacionamento ou tua vida, pegar um livro e ir estudar? Tenho certeza que elas vão se importar bem mais se você quer tirar a vaga delas em algum concurso do que se você alisou o cabelo naquele dia. Tenha um foco mais real do que achar que é melhor que fulana. Aprende a se vestir melhor ao invés de ficar falando da roupa de ciclano. Cresce. Vá à igreja, reze um Pai Nosso, escute uma boa música ou vai ler um livro. Tenta ocupar teu tempo em desbravar o mundo, conhecer gente nova ou já que, você que vive pelo seu relacionamento, foca nisso. Mas me esquece. Esquece se eu fiz algo no cabelo ou uma tatuagem nova. Esquece onde eu moro e se eu participei de algum evento. Não vou fazer alarde disso. Longe de mim. Mas procura algo que torne sua vida menos vazia. Eu não te odeio, já falei isso, né? Você apenas não faz diferença nenhuma pra mim. Sério, acorda! Vai viver o melhor que a vida oferece.

Me encontre: Twitter | Instagram | Youtube | Facebook

Comente com Facebook
Marina Alessandra

Marina Alessandra

Colecionadora de sonhos, estudante de Psicologia e dona desse blog aqui. Amante de música boa, fotografia e pela escrita, compartilha tudo que acontece no seu dia a dia através de suas redes sociais e pelo blog em forma de postagens e vídeos. Gosta de abraços apertados e atualmente está em um relacionamento sério com a Netflix e uma panela de brigadeiro.
Marina Alessandra

6 comments

  1. Nossa, esse texto vale tanto, mas TANTO, para pessoas que me julgam antes de me conhecer. Para pessoas que não dão oportunidade para me conhecer de verdade, sabe? Adorei! Da vontade de copiar e colar. As vezes a pessoa fica tão preocupada com a nossa vida e se metendo tanto, que esquece de viver a dela própria né? Já vi muito isso. Enfim, texto mais real que esse, impossível.

    Beijos!
    http://www.likeparadise.com.br

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *