Fim de Pretty Little Liars e o que aprendemos com a série

PLL é aquela série onde o drama é descobrir quem é “A”, que vive atormentando as meninas com mensagens e brincadeiras perigosas e/ou fatais. Falando assim, parece ser uma série bem besta, clichê e que nem dá vontade de assistir. Sim, talvez seja isso mesmo. Confesso que quando fui assistir não botei muita fé logo no início, mas acabou me prendendo cada vez mais. E ela é assim, mas chega a ser bem repetitiva, só que a curiosidade pra saber quem é “A” acaba nos prendendo tanto que não conseguimos parar de ver. HAHAHA

A série começa com o desaparecimento de uma das meninas, a Alison, e depois que ela some, “A” começa a mandar mensagens ameaçando as meninas com seus segredos.

ATENÇÃO, ESSE POST PODE TER SPOILER!!!!

Terminei a série semana retrasada e tô muito saudosa. Afinal, foram 7 anos fazendo parte das Liars 🙁 Fiquei beem chocada com o final, mas confesso que gostei bastante do rumo que tomou. Apenas achei desnecessário o final voltar pro começo da série, mas foi algo que deu pra relevar, com o final brilhante da Mona, né?!

Querendo ou não, as meninas nos cativam, cada uma com sua personalidade, mas todas juntas num propósito e sempre unidas. E pensando todos os altos e baixos que as meninas passam na série, resolvi juntar nesse post tudo que aprendemos assistindo Pretty Little Liars.

1. A amizade acima de tudo: amigas brigam o tempo todo. Se não, volta e faça novas amizades. HAHA Tá, não é o tempo todo, mas sempre rola uma briguinha ou outra, né?! Mas tudo se acerta sabendo conversar e botando os pingos nos “is”. PLL gira em torno da amizade dessas 5 meninas que, não importa o que aconteça ou quem as queira separar, elas preferem acreditar uma na outra e seguir firme com a amizade.

2. Todo mundo tem segredos: todo mundo. Sem exceção. E esse é o ápice da série. E não é errado, as meninas nos mostram isso. As vezes um segredo pode deixar uma pessoa a salvo e também por não querer magoar alguém.

3. Não existe idade nem regras para o amor: a Aria é um grande exemplo disso, com o romance com seu professor, Ezra <3 (são perfeitos e vou defendê-los sempre!). Falando em regras, e a Hannah com o Caleb? E a Emily com a Alison? Coisas mais lindas! Enfim, quando é amor, não tem desculpa, não tem idade, só tem mesmo a vontade de tá junto e fazer tudo dar certo ♥

4. Ninguém é perfeito: Spencer nos mostra muito bem isso quando começa a viver do seu jeito, sem se preocupar com que seus pais vão pensar. A garota que sempre ia bem em todos os esportes, começa a viver sem regras, se impor quando necessário e errar também, faz parte.

5. Perdão: todos na série já se perdoaram ao menos uma vez, né?! E isso é o mais legal. Porque quando a gente perdoa alguém, a gente faz um favor maior pra nós mesmos do que pros outros. <3

Enfim, dá pra ver que a série te ensina coisas bem legais, né? Não que devemos aprender isso só assistindo PLL, mas te aconselho a ver sim, a série é teen e bem gostosinha de assistir. Vale um bônus? Então lá vai: paciência. HAHAHA Paciência pois as vezes fica repetitiva, paciência pois as meninas são um pouco lentas, enfim, e paciência é um ato de inteligência. HAHA

Mas e aí, já viram a série? O que mais acrescentaria aqui no post? Conta tudo nos comentários!

Me encontre: Twitter | Instagram | Youtube | Facebook

Comente com Facebook
Marina Alessandra

Marina Alessandra

Colecionadora de sonhos, estudante de Psicologia e dona desse blog aqui. Amante de música boa, fotografia e pela escrita, compartilha tudo que acontece no seu dia a dia através de suas redes sociais e pelo blog em forma de postagens e vídeos. Gosta de abraços apertados e atualmente está em um relacionamento sério com a Netflix e uma panela de brigadeiro.
Marina Alessandra

One comment

  1. Mesmo que todos falem que PLL é chato, enrola demais e blá blá blá, não tem como não assistir. Só quem acompanha a série desde a 1ª temporada sabe como é. Hahaha! A amizade delas é bem forte, mesmo elas escondendo uma coisa das outras e tal, mas no final todas precisam estar juntas e isso é que era bem legal de ver na série. Verdade, todo mundo tem segredos. Não existe UMA pessoa que não tenha. O melhor momento da série que mostra isso de que ninguém é perfeito é tanto esse momento da Spencer quanto o da Alison né? Que antes só tinha flashback dela sendo a perfeitinha na escola e tal, como também a Hannah que era toda cheia das coisas da moda, mas tinha um jeito todo despojado e espontâneo Isso de perdoar até me deixava meio irritada em alguns momentos, porque tinham coisas que eu não conseguia nem engolir e eles perdoavam, hahaha! Mas tá certo, tem que ter perdão independente do que for. Tem que ter muita paciência mesmo, mas vale a pena, haha!
    Beijos!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *